;

Perguntas frequentes

 
 
 

FAQs

 
 
  • O que é ZALVISO® e para que é utilizado?

    ZALVISO® é um produto inovador que consiste numa combinação “medicamento-dispositivo”. É um sistema pré-programado, não invasivo, portátil, que permite que doentes em internamento hospitalar num contexto pós-operatório com dor pós-operatória aguda, moderada a intensa, possam gerir o controlo da sua dor através da administração de comprimidos sublinguais de sufentanilo. O sistema Zalviso foi concebido para colmatar algumas lacunas associadas à analgesia pós-operatória, que mostrou ser prejudicial para doentes no período pós-cirúrgico devido aos efeitos secundários dos opioides como a morfina, à administração invasiva por via IV dos sistemas atuais de analgesia controlada pelo doente (PCA) e à complexidade das bombas de perfusão.

  • Como é utilizado o ZALVISO®?

    ZALVISO® está disponível na forma de comprimidos sublinguais contendo 15 microgramas de sufentanilo. Os comprimidos destinam-se apenas a utilização em ambiente hospitalar e exclusivos de prescrição médica

    Quando necessário para o controlo da dor, o doente administra os comprimidos de ZALVISO® debaixo da língua utilizando um dispositivo específico para a administração. Depois de o doente ter administrado um comprimido, o dispositivo bloqueia-se durante 20 minutos e não permite ao doente fazer mais do que 3 doses no período de uma hora. O dispositivo também utiliza um identificador, para que apenas o doente com uma etiqueta especial de identificação no polegar possa administrar os comprimidos. Os comprimidos devem ser dissolvidos debaixo da língua e não devem ser mastigados, nem engolidos inteiros. O tratamento é continuado durante um período de até 72 horas.

    Para mais informações, consulte a secção de Instruções de utilização deste website.

  • Como funciona o ZALVISO®?

    A substância ativa do ZALVISO® é o sufentanilo. Trata-se de uma substância bem conhecida e já utilizada para o controlo da dor há muitos anos. Quando o doente toma o comprimido de ZALVISO® debaixo da língua, a dose de sufentanilo é rapidamente absorvida para a circulação sanguínea, através dos vasos sanguíneos existentes na mucosa da boca. Isto permite que o medicamento seja transportado para recetores no cérebro e na medula espinal, onde o sufentanilo atua para aliviar a dor.

  • Quais os benefícios demonstrados pelo ZALVISO® durante os estudos?

    Um estudo principal incluiu 178 doentes que tinham sido submetidos a cirurgia abdominal (cirurgia à barriga) e outro incluiu 426 doentes que tinham sido submetidos a cirurgia do joelho ou da anca. Em ambos os casos, o ZALVISO® foi comparado com um placebo (um tratamento simulado). O principal parâmetro de eficácia baseou-se numa pontuação do doente, que mediu a diminuição da intensidade de dor ao longo de 48 horas. Na cirurgia abdominal, a diminuição média da intensidade de dor foi 50 pontos superior com o Zalviso® relativamente ao placebo (106 versus 56). Na cirurgia do joelho e da anca, a diminuição da intensidade de dor foi cerca de 88 pontos superior com o ZALVISO® do que com o placebo (76 versus -11).

    Um terceiro estudo principal comparou o ZALVISO® com um sistema de analgesia de dor controlado pelo doente com administração intravenosa de morfina, outro opioide, e incluiu 359 doentes que tinham sido submetidos a grande cirurgia abdominal, do joelho ou da anca. Dos 177 doentes que utilizaram o ZALVISO®, 139 classificaram o controlo da dor como excelente ou bom (79%), em comparação com 118 de um total de 180 (66%) que utilizaram morfina.

  • Quais são os riscos associados ao ZALVISO®?

    Os efeitos secundários mais frequentes (que podem afetar mais de 1 em cada 10 pessoas) são náuseas, vómitos e febre.

    Para a lista completa dos efeitos secundários e de restrições de utilização relativamente ao ZALVISO®, consulte a informação de prescrição.

    Os conteúdos destas páginas estão protegidos pelas leis de direitos de autor da Alemanha. Se quiser utilizar, apresentar ou distribuir os conteúdos a entidades externas ou através de qualquer forma de comercialização fora do âmbito da lei de direitos de autor, é necessário o nosso consentimento por escrito.